Erro ao cadastrar: SQLSTATE[23000]: Integrity constraint violation: 1048 Column 'online_ip' cannot be null

Sem Médico, Santa Casa Nega Atendimento à Criança - Jornal Bom Dia

Sem Médico, Santa Casa Nega Atendimento à Criança

Sem Médico, Santa Casa Nega Atendimento à Criança

Desesperada, a avó de Lucca de 4 anos clama por socorro. Ela deu entrada com o neto no final da noite desta quarta-feira, 11, na Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Santa Isabel, mas foi surpreendida pela falta de suporte do espaço, bem como a ineficiência da Santa Casa de misericórdia, que segundo ela, se recusou a receber o paciente.

De acordo com a avó Patrícia Andreia, o neto que faz uso de uma traqueostomia (Um procedimento realizado apenas em casos de emergência, ajudando o paciente a respirar), passou mal e por isso precisou de atendimento médico. Na UPA, Patrícia disse que o neto precisou ser transferido para a Santa Casa, pois a Unidade não tinha suporte para prestar o socorro adequado.

“A médica da UPA chegou a ameaçar chamar a polícia quando soube que a Santa Casa havia se recusado a receber meu neto. A médica falou que a Unidade não tinha suporte. Cheguei a ligar para os médicos da Santa Casa, mas ninguém me atendeu”, relatou.

Patrícia entrou em contato com a reportagem do Jornal Bom Dia a meia noite pedindo socorro. Na mensagem, a avó se dizia desesperada em busca de atendimento. Ela relatou que o médico que estava de plantão na Santa Casa havia alegado que não tinha mais profissionais na ocasião para prestar o socorro adequado ao paciente.

Lucca só conseguiu atendimento sete horas depois que deu entrada na UPA. Ele foi transferido na manhã do dia seguinte ao INCOR (Instituto do Coração), na capital paulista, já em estado grave.

“Ele já chegou no Incor e foi direto para a UTI, o estado dele se agravou por conta da demora no atendimento em Santa Isabel. Isso é um absurdo!”, reforçou.

Esta não é a primeira vez que Lucca é vítima do descaso da saúde pública isabelense.

VÍTIMA DA SAÚDE PÚBLICA

Esta não é a primeira vez que Lucca se torna vítima do descaso da saúde pública de Santa Isabel. Segundo a avó, nos primeiros anos de vida, a criança ficou internada na Santa Casa da cidade, onde contraiu uma bactéria muito resistente. “Ele tem apenas um pulmão, pois precisou fazer uma lobectomia após contrair esta bactéria no hospital. Depois disso ele foi transferido para um hospital de Mogi das Cruzes, onde permaneceu quatro meses entubado”, relatou. O caso foi parar no Ministério Público, que desde então apura as responsabilidades.

A reportagem procurou os citados nesta matéria para prestar esclarecimentos sobre o fato, mas até o fechamento desta edição, ninguém se manifestou.