De Atestado Médico, Diretora Da Educação Faz Tour Em Orlando

De Atestado Médico, Diretora Da Educação Faz Tour Em Orlando

Virginia Guimarães Morelli tirou 14 dias de licença no final de junho para, segundo ela, fazer um tratamento de saúde. Ela apresentou atestado médico ao setor de Recursos Humanos (RH) da Prefeitura de Santa Isabel, alegando “incapacidade para exercer suas funções”. De acordo com o documento, Virginia fraturou os ossos da mão direita. Contudo, apesar da gravidade do caso exposto ao executivo, a servidora não economizou fotos nas redes sociais, onde aparece feliz ao lado de familiares na cidade turística de Orlando, nos Estados Unidos.

A reportagem do Jornal Bom Dia questionou a assessoria de imprensa da prefeitura isabelense sobre o motivo do afastamento da servidora. O órgão de comunicação enviou cópia do atestado apresentado por Virginia e horas depois, as fotos postadas em rede social pela própria servidora, foram deletadas.

Ainda, de acordo com o atestado assinado pelo Médico do Trabalho Gilmar da Ponte, Virginia aparece estar com imobilização gessada (gesso). Entretanto, o gesso não aparece nas fotos postadas em rede social.

Longe dos afazeres municipais, a diretora da pasta educacional de Santa Isabel aguarda um exame pericial, que segundo o requerimento de benefício por incapacidade, está agendado para o dia 1º de agosto. O documento foi assinado no dia 10 de julho, sete dias antes de Virginia viajar rumo a Orlando.

Nas legendas das fotos postadas, Virginia esbanja alegria, reforçando a felicidade ao reencontrar a filha, que aparentemente, reside no exterior. A disposição para o passeio também é ressaltada em legenda da foto em que a diretora de educação aparece ao lado do esposo: “Descansar após viagem? Não, vamos passear”, diz a diretora, cuja remuneração passou dos R$11, mil no mês de junho.

Em outra foto, Virginia aparece segurando uma taça com a mão direita, que foi apontada pela perícia do médico do trabalho como engessada. Na postagem, a servidora parecia brindar com taça de bebida, as ‘férias’ antecipadas. “Tim tim”, diz a legenda. Esta imagem também foi deletada do perfil na rede social da servidora, logo após a reportagem solicitar esclarecimentos.

Ao ser questionada sobre o motivo da ausência da servidora, bem como sua remuneração, a Diretoria de Comunicação da municipalidade informou: “A Prefeitura de Santa Isabel esclarece que a servidora Virginia Coeli Couto Guimarães Morelli encontra-se afastada de seu cargo desde o dia 28 de junho conforme relatório de afastamento médico em anexo e aguarda perícia médica. Outras informações complementares encontram-se no portal da transparência”, finalizou.

Tentamos entrar em contato com Virginia, mas a mesma desfez amizade com o perfil do Jornal Bom Dia no facebook assim que procuramos esclarecimentos. Ela também apagou todas as fotos de sua rede social. Entretanto, as postagens já haviam sido copiadas pela equipe de reportagem.

INCAPAZ

Segundo laudo emitido pelo Médico do Trabalho, Virginia apresentou fratura dos ossos da mão direita. O profissional, então calculou que a servidora passasse por consulta com o INSS depois do dia 7 de julho, a critério da perícia do Instituto Nacional do Seguro Social. O órgão, por sua vez, informou no dia 10 de julho, o agendamento do exame pericial, previsto para acontecer no próximo dia 1º de agosto. Enquanto isso, Virginia postou fotos na internet em que aparecia se divertindo. Para a prefeitura, ela dizia que estava doente. Nas redes sociais, a história era outra.