Erro na Linha: #23 :: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone.
/home2/jbomdia/public_html/_app/Helpers/Session.class.php

Erro na Linha: #52 :: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone.
/home2/jbomdia/public_html/_app/Helpers/Session.class.php

Erro na Linha: #53 :: strtotime(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone.
/home2/jbomdia/public_html/_app/Helpers/Session.class.php

Erro na Linha: #53 :: date(): It is not safe to rely on the system's timezone settings. You are *required* to use the date.timezone setting or the date_default_timezone_set() function. In case you used any of those methods and you are still getting this warning, you most likely misspelled the timezone identifier. We selected the timezone 'UTC' for now, but please set date.timezone to select your timezone.
/home2/jbomdia/public_html/_app/Helpers/Session.class.php

Coluna Olhar - Jornal Bom Dia

Coluna Olhar

Coluna Olhar

FACEBOOK- Temer anuncia que para aposentarmos com 100? do salário, precisamos contribuir 49 anos com o INSS. Anuncia que vai ficar 20 anos sem aumentar o investimento na saúde e educação. Anuncia que o pré sal não é mais exclusividade do Brasil. Fala que podemos trabalhar 12 horas por dia, sem hora extra. O 13º salário pode ser pago em 3 vezes. Ei,cidadão acorda! Uma coisa é a elite te fazer odiar o PT (muita coisa com razão), outra coisa é você ser prejudicado e ainda aplaudir a elite!!!! Obs.: Ei, classe média, você não é elite. Tô achando que foi golpe mesmo. Michel, um desastre para o trabalhador

CULTURA – Em Santa Isabel o PT assumiu a cultura e nada fez. Pífia a administração do PT na cultura isabelense. Aliás, quantos vereadores fez o PT nesta nova câmara?

 

PRESIDÊNCIA - Na Câmara isabelense a eleição continua indefinida, para onde cair o grupo formado pelo PR a eleição está garantida. Esta semana o vereador Maurício Platz se lançou candidato, mas é a história de boi de piranha.

PRESIDÊNCIA 2 - O grupo do PR é formado pelos vereadores Luizão, Negavam, Clebão e Paulinho. Este grupo com os vereadores da prefeita farão a presidência. Agora, só resta a Prefeita decidir se faz a presidência ou não. Está chegando o dia. Quem viver verá.

PRESIDÊNCIA 3 - Andam comentado que na eleição correrá dinheiro, mas isso é mentira. O jogo do poder vale mais do que dinheiro e os pedidos atendidos é a chave da presidência. Na política quem pode mais chora menos. No dia primeiro saberemos quem será o novo presidente.

QUEM PODERÁ SER – Alencar, Marquinhos Pelikan, Luizão, Ti, Clebão ou Paulinho. Todos estes estão disputando a presidência. Além de Maurício, Zé da Mula e Ademar. Quero lembrar que o sujeito dorme presidente e acorda vereador. Já aconteceu várias vezes. A eleição agora é por um ano. Em julho já será escolhido novo presidente.

O MELHOR CARGO – Na nova mudança feita para a próxima legislatura, o cargo de corregedor da Câmara vai se tornar o mais importante do legislativo, é claro que também haverá disputa para este cargo que pode meter o bedelho em tudo e fiscalizar tudo.

SABESP – Continua prestando um serviço de péssima qualidade na cidade. Investimento zero. Nesta sexta- feira está faltando água em vários pontos da cidade. Acho que é uma técnica: quando a água volta seu medidor dispara com ar. É só prestar a atenção. Onde estão os investimentos prometidos pela Sabesp? Um milhão é ninharia!!!

MERECEDOR – O povo merece a Sabesp, pois apoiou a entrega do patrimônio isabelense de graça ao Governo do Estado. Não investiram nada. Tiraram do couro do povo com tarifas altíssimas e às vezes fora da realidade. O povo deve agradecer pela troca dos tubos de amianto trocados este ano. Melhoraram muito a água nas torneiras. Parece piada, mas é a triste realidade.

PALAVRAS 1– “Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição” (Primeira Epístola a Timóteo, da Bíblia Sagrada).

 PÁLAVRAS 2 – “Lula pode ser candidato em 2018, mas namora-se a ideia de sua inelegibilidade. Jogo arriscado, porque o papel que ele desempenha com maior brilho é o de coitadinho perseguido pela elite” (ElioGaspari, jornalista).

$$$ - Por falar em cobiça, os dados são da própria Operação Lava Jato: o hoje encarcerado ex-governador do Rio Sergio Cabral, no auge de seu novo-riquismo, renovou seu guarda-roupa apenas na grife italiana Ermenegildo Zegna. Valor das compras: R$ 258 mil, pagos, claro, em dinheiro vivo.

 

ARMÁRIO DE REI - Cabral, ao ser preso pela Polícia Federal em seu apartamento no Leblon, tinha lá um armário lotado de ternos da famosa grife com etiqueta personalizada com seu nome.

 

O REVERSO DA MOEDA - Hoje, como disse o colunista Bernardo Mello Franco, da Folha, Cabral tem que se sujeitar a usar apenas um traje verde, na prisão, com assinatura da grife Seap.

 PROVÉRBIOS DA VOVÓ - “Há o suficiente no mundo para todas as necessidades humanas. Mas não há o suficiente para a cobiça humana”. É isso aí,

VIÁVEL - Apesar dos pesares, da herança maldita, do pessimismo de tantos e de muita gente remar contra o próprio país em quevive, o Brasil é um país viável e dá sinais de recuperação em algumas áreas de sua hoje complexa economia. É o caso da Vale.

GIGANTE - A Vale inaugurou nesta sexta-feira (23), o maior projeto de mineração do mundo em Canaã dos Carajás, no Pará. A obra teve inimagináveis 14 bilhões de DÓLARES em investimento e vai gerar, de cara, 2.700 empregos.

OLHO VIVO - O alerta vem da própria policial civil: se viajar, peça para algum parente ou vizinho tirar constantemente os panfletos de propaganda que são colocados quase todos os dias em caixas de correio ou em portões de residência. O acúmulo desses folhetos indica para bandidos que o local está vazio.

CONSTATAÇÃO - E o que não falta em Santa Isabel é bandido.

DOCE MEMÓRIA: os apelidos na infância. Dos amigos e dos colegas, que ostentavam ou rechaçavam as alcunhas agressivas ou jocosas. A maioria dos apelidos cumpria, efetivamente, a nobre função de insultar ou ridicularizar a vítima, que assimilava fingindo não se importar ou que deixava clara a sua repugnância. Neste caso, as coisas ficavam piores. O grande erro era mostrar para todos que o apelido incomodava. Esta era a forma mais rápida e eficiente de nunca mais ser chamado na rua pelo nome de batismo. Reagiu, pegou. Por isso, não faltavam na época “Bene gainha, “gamba ”, “chico rato ”, “gambá”, “bafo de fossa”, “Chico baque duro”, “Zé raposa”, “zé mula ”, “Bazezo”, “João galinha”, “rolha de poço”, “caveirinha”, “tripa seca”, “Fraldinha”, “cabeção”, “Pinóquio”, “carvão” “gaguinho” “Beringela”  e por aí ia. Um festival de zombarias.Como se nota, raramente um apelido tinha um propósito gentil ou virtuoso. Quanto mais evidenciasse uma parte evidente do corpo e algum comportamento, mais certeiro o apodo seria. O objetivo era quase sempre a gozação. E por isso era tão legal desde que não fosse eu a vítima, se fosse hoje é bulling.

DOCE MEMÓRIA - A origem do uso do apelido é incerta. O que se sabe é que estava vinculado aos sobrenomes familiares e, por isso, era uma forma de diferenciar os nomes das pessoas. Ninguém, aliás, nunca esteve a salvo das alcunhas. Pobres e ricos, súditos e nobres, todos podiam ser alvos desse tipo de gracejo e sátira. Que o diga Pepino III, o Breve, rei dos francos de 751 a 768. Além de Pepino no nome, ganhou o apelido de “breve” por ser baixinho. Como impor autoridade um rei que se chama “Pepino pequeno”?