Jornal Bom Dia - O Jornal da Cidade de Santa Isabel

POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO EM ARUJÁ POR ROUBOS DE CARGA

Pelo menos cinco veículos e uma moto aquática acabaram apreendidos. Denominada ‘Braço de Ferro’, a ação apreendeu cocaína, uma arma, insumos para a fabricação de crack e skank, além de balanças de precisão e veículos.

[POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO EM ARUJÁ  POR ROUBOS DE CARGA]

Pelo menos cinco veículos e uma moto aquática acabaram apreendidos. Denominada ‘Braço de Ferro’, a ação apreendeu cocaína, uma arma, insumos para a fabricação de crack e skank, além de balanças de precisão e veículos.

A Polícia Civil deteve, na manhã desta quinta-feira, 12, cinco integrantes de uma organização criminosa que atuava com o tráfico de drogas no centro da capital e em municípios da Grande SP, como é o caso de Arujá. As prisões aconteceram durante a Operação Braço de Ferro, que cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão.

Após dez meses de investigação de agentes 2º Distrito Policial (Bom Retiro), a ação foi desencadeada em conjunto com a 1ª Delegacia Seccional da Capital (Centro). As diligências contaram com empenho 25 equipes da Polícia Civil e apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM), incluindo o Canil.

 “É uma quadrilha que se estabeleceu de maneira piramidal, mas no centro de São Paulo sabemos que havia uma atuação pulverizada do tráfico, incluindo a região da Cracolândia. ”, afirmou o delegado Roberto Monteiro de Andrade Junior, titular da 1ª Seccional. “Nós temos feito um trabalho firme em conjunto entre as Polícias, o Estado e a Prefeitura. Tanto na parte policial quanto social”, completou.

Os trabalhos resultaram na prisão de cinco pessoas e na elaboração de quatro flagrantes por tráfico de entorpecentes, associação ao tráfico, porte ilegal de arma de fogo e porte de munição de uso restrito (9mm). Foram apreendidas uma arma .380, uma caixa de munições 9 mm e outras de uso restrito, além de dois veículos – um carro e uma moto, utilizados pelo grupo.

Durante o cumprimento dos 14 mandados de busca e apreensão, também foram recolhidos sete quilos de pasta base de cocaína, bem como grande quantidade de insumos para a fabricação do crack, cinco balanças de precisão e insumos para a fabricação de skank – apreendidos no município de Ibiúna.

Ao longo das investigações, um homem foi preso em flagrante responsável por operar drones para uma organização criminosa. “Constatamos que ele era responsável por levar drogas, celulares e serras para dentro de presídios do país”, explica o investigador Fonseca Junior, do 2° Distrito Policial.

A Polícia Civil prossegue com as diligências para identificação e prisão de outros envolvidos.